O que significa Verbi Dei Minister VDM? Qual a sua história?


"VDM"

Você já viu essa sigla, antes? Estas letras refletem as palavras "Verbi Dei Minister" (1) que aparecem na Vulgata (Bíblia em Latin) ou "ministros da palavra" como aparecem nas versões portuguesas, na passagem bíblica de Lucas 1.2. O uso eclesiástico destas letras é bem antigo, remontando à idade média. No entanto, o movimento da igreja antiga em direção à tradição, cada vez mais afastou os religiosos da Palavra de Deus da qual deixaram de ser servos, ministros. Como resultado, a sigla chegou a cair em completo desuso no período anterior à Reforma Protestante.

John Eduard Farmer (2), um autor evangélico americano, em seu livro Fire on wet wood: The wide gate or the Narrow gate? The choice is yours (Fogo na madeira molhada: a porta larga ou a porta estreita? A escolha é sua) escreve sobre o papel do pregador como servo da palavra de Deus. Segundo ele, o Ministro da Palavra não prega outra coisa senão Cristo. Ele prega uma mensagem autoritativa que deve ser recebida e crida em distinção do papel do palestrante que emite opiniões sobre vários assuntos os quais você pode concordar ou não.

O autor diz ainda que "Através da pregação, a Palavra de Deus deve ser convincente aos ouvintes, não uma mera palavra de homem". Muitos pregadores hoje em dia usam o púlpito para expressar suas próprias visões sobre várias questões social, econômica ou política. Bem, as vezes, quando você ouve um destes homens você ouve alguém que trabalhou muito sobre um determinado tema. Outras vezes, e isse é o caso mais frequente, a tentativa é mais superficial. Tendo-o ouvido você provavelmente pode dizer que não tem sido instruído ou que não tem aprendido nada que edifique ou contribua com sua vida. Você pode concordar ou discordar do palestrante. Mas isso porque ele não era um pregador, um V.D.M.

Em contraste com outros títulos que advém da tradição secular, como Doutor e até mesmo Reverendo (aquele que merece ser reverenciado), o termo VDM não serve para elevar aquele que o detém à dignidade de um posto máximo, mas funciona simplesmente como uma designação do seu ofício. No período medieval, até mesmo pessoas que não tinham sido ordenadas pela igreja como padres ou pastores, mas que eram reputadas pela comunidade como alguém de elevada consideração por sua conduta moral e serviços prestados à igreja e à comunidade eram honradas com este título. Algumas dessas pessoas não estiveram associadas a este título durante sua vida, mas foram honrados com ele em sua morte, recebendo a designação VDM na lápide do túmulo, após o seu nome.

Por causa do significado profundamente representativo da vocação como servo de Deus, a designação VDM foi muito difundida no período da Reforma Protestante para honrar servos da Palavra de Deus. VDM tem sido a maior dignidade com a qual um pastor pode ser honrado nesta vida e com a qual ele pode ser lembrado depois da sua morte.

Por Lucio Mauro

Referências
(1) V.D.M., é uma sigla de uso religioso variado da expressão latina similar verbi dei minister ou mesmo verbi divini magister, tipicamente anexado como um nome sufixado ao nome completo para denotar seu status (algumas vezes autodeterminado) como um "ministro da palavra divina".
(2) FARMER, John Eduard. Fire on wet wood: The wide gate or the Narrow gate, The choice is yours. Usa: Trafford, 2013, p. 71.
Uma cópia online deste livro pode ser visualizada em https://books.google.com.br/books?id=HCgS0Pg66uQC&pg=PA71&hl=pt-BR#v=onepage&q&f=false

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série: O que a Bíblia diz (VERSÍCULOS SOBRE A ELEIÇÃO E PREDESTINAÇÃO)

SÉRIE: ELEMENTOS DO CULTO. A SAUDAÇÃO

OS DEVERES DOS PRESBÍTEROS, DIÁCONOS E DA CONGREGAÇÃO