Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Jovem cristão fica em primeiro lugar no vestibular da UFPE 2011

Imagem
Jovem cristão fica em primeiro lugar no vestibular da UFPE

Na última semana, jornais, rádios, TVs, e principalmente a internet, reproduziram o resultado do vestibular 2011 da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com a marca histórica de 8 alunos de escola pública entre os 10 primeiros colocados.
O primeiro colocado, ao contrário do que se costumava ver, não foi ocupado por um candidato ao curso de direito ou medicina, mas ao bacharelado em música. Davi Barbosa Campos, morador do bairro de Caetés Velho, Abreu e Lima, ficou com o primeiro lugar geral com a nota de 8,59.

Veja mais
Entrevista no YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=e6jFd_0AYzM
Matéria: http://www.diariodepernambuco.com.br/2011/01/22/urbana4_0.asp

Corrupção da Natureza Humana e sua Hereditariedade

Imagem
Uma Expressão Bíblica da Corrupção da Natureza Humana e sua Hereditariedade
Autorizado
A confissão Belga (1561), produzida por Guido De Brès, é um dos três símbolos de fé das igrejas reformadas. Ela traz uma exposição bíblica das verdades indispensáveis à unidade da verdadeira igreja. Verdades que devem ser proclamadas e defendidas contra as invenções e contradições dos homens que poluem e maculam o conceito de verdadeira religião.
No artigo 15 desta confissão que trata do pecado original, lemos que: “Esse pecado é a corrupção de toda a natureza humana e um mal hereditário que contamina até mesmo as criancinhas no ventre de suas mães”. Estas sentenças refletem a verdade bíblica e teológica? Como se pronuncia a teologia? A Bíblia evidencia e/ou comprova esta doutrina? O mal hereditário, descrito por De Brès, é uma contaminação genética?
Este modesto trabalho, tem por objetivo esclarecer tais questionamentos e expor as verdades acerca da corrupção da natureza humana e de sua hereditarie…

A extensão do cânon do Antigo Testamento

Imagem
A extensão do cânon do Antigo TestamentoAs controvérsias modernas sobre o processo de canonicidade e a classificação dos livros em gruposAs Escrituras Sagrada, como temos hoje, continua sendo alvo de questionamentos por parte de eruditos modernos. Em consequência disso, os livros bíblicos receberam várias classificações quanto a sua aceitação canônica. São elas:

Os livros aceitos por todos
Homologoumena – falar como um. Diz respeito aos livros que foram reconhecidos canônicos desde sua recepção pelo povo de Deus, e permaneceram sem questionamento ao longo do tempo.

Os livros rejeitados por todos
Pseudepígrafo – Falsos escritos. Compreende vários livros que circularam na antiga comunidade judaica. Em sua maioria, estes livros estavam baseados em verdades, e exploravam passagens que não foram reveladas em detalhes nas Escrituras Sagradas. O numero deles chegava a 17, mais o salmo 151. Podendo esse número aumentar se considerarmos as descobertas do Mar Morto. Eles foram produzidos desde …