quarta-feira, 24 de novembro de 2010

ORANDO PELO EVANGELHO DE PODER

Qual será a diferença para a congregação, entre ter um pastor que prega eloquentemente; suas palavras promovem comoção nos ouvintes e são gostosas de ouvir; e um pastor que pregue a Palavra de Deus fielmente, não apenas em palavra, mas em "poder".

Porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo, e em muita certeza, como bem sabeis quais fomos entre vós, por amor de vós. 1 Ts 5.1

Um faminto não pode saciar-se só de olhar o pão; o pobre não pode enriquecer-se só de tocar no dinheiro; assim também uma alma não pode encontrar descanso só de ouvir o evangelho. É por isso que as palavras do apóstolo Paulo ganham sentido especial quando nos afirma: "Porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo, e em muita certeza".

Por essa razão, não basta ouvir o evangelho, mas conhecer o evangelho. Mas, não somente conhecer o evangelho, e sim sentir o evangelho. Talvez isso não seja ainda o bastante. É preciso que o evangelho seja pregado com poder "poder do Espírito Santo", um poder invisível que acompanha a pregação e que parece fazer a porta do céu se abrir diante do pecador.

Por esta razão, os profetas, tal como Jeremias, pode afirmar "Porventura a minha palavra não é como o fogo, diz o SENHOR, e como um martelo que esmiúça a pedra?" Jr 23.29

O coração que recebe a pregação do evangelho de Jesus Cristo em poder, sente na alma a deliciosa certeza de que são verdadeiras todas as palavras dele; os olhos se regozijam na abundância de Cristo; se humilha reconhecendo seus pecados e buscando perdão.

Qual deve ser a oração da Igreja de Cristo em tempos de liberalismo, restauracionismo, neopentecostalismo, pragmatismo, e tantas novidades que retiram das Igrejas a pregação fiel, substituindo-a por todo tipo de inovação. A Igreja deve clamar a Deus por pastores fiéis. Pastores que abram a sua boca nos púlpitos para pregar o evangelho de Cristo em poder. Que apresentem de forma clara a Palavra de Deus diante dos nossos olhos e nos faça tremer.

Assim poderemos dizer "nada nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor"; "sei que o meu redentor vive"; "tem misericórdia de mim pecador"; "a minha alma tem sede do Deus vivo" "habitarei na casa do Senhor por longos anos"; "estarei para sempre com Senhor"; e muitas outras palavras de gratidão, humildade, fé, que estoura sem limite de um coração que foi alvo do Evangelho de Poder.

por Lucio Mauro


Nenhum comentário: