domingo, 11 de julho de 2010

O AMOR DE DEUS. O que é e suas caracterísicas

O Amor de Deus
Leitura Bíblica: João 3.16

O amor é maneira mais doce de Deus expressar a sua bondade, especialmente quando se trata da redenção dos pecadores. Se não fosse o amor de Deus jamais seríamos restaurados da nossa miséria (Ef. 2.1-10). O amor é essencial em Deus, pois Deus é amor (I Jo. 4.8). O amor que os seres humanos possuem é derivado, mas o de Deus é original. O amor faz parte da natureza de Deus.

Os objetos do amor de Deus: É comum pensar que Deus ama somente pecadores, porque pensamos somente no amor salvador de Deus. Mas as Escrituras mostram que não somente os seres humanos são objetos do amor divino. Há também o amor que Deus tem por si mesmo (amor intratrinitário). O amor do Pai pelo Filho (Jô. 3.35; 10.17; 15.9,10); o amor do Filho pelo Pai (Jô. 14.31); o amor do Espírito (Rm. 15.30).

As características do amor de Deus:
Amor de Eleição: Deus colocou o seu amor em algumas pessoas porque ele as escolheu para serem redimidas por Cristo Jesus. Eleição aponta para uma escolha amorosa de Deus. Ele se afeiçoa às pessoas por alguma razão nascida nele próprio e não nelas. As Escrituras rejeitam a idéia de que Deus esteja debaixo de qualquer obrigação em amar a todos os seres por estes serem suas criaturas. A única maneira de os homens serem salvos é receberem o amor eletivo de Deus (Ef.1.5). A fonte da eleição é o amor de Deus por nós.

Amor de Redenção: O amor de Deus pelos seres humanos está sempre associado com a redenção dos pecadores (I Jo.4.10). A cruz é a demonstração maior do amor de Deus. Na morte de Cristo Deus revelou o seu amor para salvar pecadores. Deus derrama o seu amor a pecadores indignos como nós (Rm. 5.5-8). O texto mostra a condição de miséria do objeto do amor de Deus (6,8,10). Deus nos ama a despeito do que somos. Por isso o seu amor é um amor de redenção, um amor que restaura pecadores perdidos.

Amor sacrificial: Diferente dos amores que os seres humanos possuem, que são em geral interesseiros, o amor de Deus é sacrificial. O que isto significa? Significa que ele sempre procura o bem estar do amado não importando o custo. A salvação que recebemos gratuitamente teve um preço muito alto: a vida de Cristo ( I Jo.3.16; Rm.8.32; Gl.2.20). Deus escolheu alguém de si mesmo para sofrer a punição em nosso lugar. Deus deu o que tinha de mais valioso para salvar pecadores indignos. Ele deu o seu próprio Filho (Jô.3.16).

Amor Soberano: Nada de fora impulsiona Deus a amar as criaturas caídas. Ele as ama de acordo com o seu próprio caráter. Deus é soberano na expressão do seu amor. Ele resolve amar a quem quer porque o seu amor não é uma dívida para homens caídos, mas uma dádiva de sua soberana vontade. Romanos 9.11-15 é uma ilustração bem clara do amor soberano de Deus.

Amor que Triunfa: O amor de Deus provoca em nós uma grande mudança porque é derramado em nossos corações pelo Espírito Santo (Rm. 5.5). Além disso, estamos seguros no amor de Deus (Rm. 8.37-39).

Aplicação: Aprenda a apreciar o amor de Deus: Nunca haveremos de apreciar o amor de Deus a menos que entendamos quem éramos, de onde ele nos tirou, onde estaríamos se ele não nos tivesse salvo e onde ele nos colocou. Deus nos ama não por causa das coisas que lhe oferecemos, mas a despeito do que somos ( Ef.2.1-4, 5,7).
Ensine sobre o grande pressuposto do amor de Deus: Que pressuposto é esse? O fato de os seres humanos permanecerem perdidos sem a intervenção do amor de Deus. A perdição, a miséria e a corrupção do homem precisam ser enfatizadas a fim de que o amor salvador de Deus seja devidamente compreendido.

Exercite o seu amor a Deus de todo coração: O amor de Deus não deve ser somente pregado, apreciado, mas deve ser exercido por nós. Se Deus nos amou, esse amor deve provocar uma resposta. Essa resposta é seguir a ordem de Deus de amá-lo sobre todas as coisas (Mc.12.28-30) e amar o nosso próximo (Mc.12.31; Jo.13.34,35). Se não amamos, é sinal de que não temos em nós o amor de Deus.
Permaneça no amor de Deus: Deus amou você em Cristo Jesus e ele ordena que você não somente o ame, mas que também permaneça nele (Jo.15.9). Como permanecer no seu amor? (Jo. 15.10). O amor nosso por Deus deve ser evidenciado em obediência e submissão à sua Palavra. Não existe amor a Deus sem obediência (Jô.14.15).

Nenhum comentário: