sexta-feira, 7 de maio de 2010

COMO O CRISTÃO DEVE LIDAR COM A DEPRESSÃO

Depressão
Texto Básico: Lucas 24.13-35
Pastor Elissandro Rabelo
Igreja Reformada em Maragogi

Introdução: A depressão é um problema universal mesmo entre os crentes. Muitas pessoas têm sido afetadas pela depressão que é o mal desse século. A história nos mostra que grandes homens de Deus foram assolados pela depressão (Elias, Davi, Jonas, Lutero e outros). Os dois discípulos de Jesus no caminho de Emaús estavam profundamente entristecidos e deprimidos (v.17b). Por que estavam tristes? (vss. 17-19). Jesus aparece-lhes no caminho de Emaús para tirar-lhes a tristeza e devolver-lhes a alegria. Jesus conhece a tristeza do nosso coração e está perto para nos ajudar e deseja nos ouvir (Jo. 2.24,25). Nosso dever como cristãos, a exemplo de Cristo, é ouvir outros que estão com o coração pesaroso e querem compartilhar sua dor conosco.

A Causa da Depressão (vs.21): “Nós esperávamos”. Os discípulos viram sua esperança de redenção se desvanecer. Não podemos negligenciar o fato de que certas depressões são geradas por fatores fisiológicos ou orgânicos e neste caso os médicos devem tratá-las. Porém, a grande maioria dos casos de depressão diz respeito a castelos que ruíram, esperanças que se foram por água abaixo. Alguns exemplos de causas de depressão: fracasso na carreira profissional; um casamento promissor e cheio de esperanças que se desvaneceu de repente; decepções com pessoas em quem confiávamos; problemas com doenças; mau investimento financeiro que levou à falência; filhos que se tornaram um grande desapontamento quando se tinha grandes esperanças neles; etc. “Nós esperávamos”.

A Cura da Depressão: Após ouvir seus discípulos, Jesus usa a palavra para libertar seus discípulos da depressão (vss. 25,26). O que o Senhor faz é corrigir o pensamento que resultou naqueles sentimentos depressivos que afligiam os discípulos. “A cruz tinha de existir. Mas ela não é o fim, é o portal para a glória”. Jesus força os seus discípulos a pensar novamente, a repensar em tudo o que havia acontecido. O problema de muitos crentes que têm depressão hoje é que pensam de forma precipitada e logo mergulham na depressão. Eles não pensam de forma adequada, biblicamente (Rm. 12.2; Fp. 4.8,9). Nenhum crente sofreu tanto quanto o apóstolo Paulo. Mas qual o seu segredo para vencer a depressão e ser um crente feliz? Paulo pensava biblicamente; a soberania de Deus e não o perigo das circunstâncias estava no centro dos seus pensamentos (Rm. 8.28; Fp. 1.12).

O Que é Depressão: Depressão é ser escravo de um pensar impróprio. Elias pensou errado e por isso entrou em depressão. Mas Deus reformou sua maneira de pensar e lhe tirou da depressão (Rm. 11.3,4). Como Jesus lidou com os problemas de depressão dos seus dois discípulos? Será que lhes impôs as mãos e expulsou os demônios da depressão? Não! Jesus falou com eles e lhes ensinou. Jesus mudou sua maneira de pensar não com o uso de técnicas psicológicas, mas com o uso da Bíblia (vss. 26,27). A cruz fez parte do plano de Deus, mas o seu fim foi a glória. O triste da depressão é olharmos para nós mesmos e ficarmos abatidos dizendo que já não suportamos mais. Nessa hora, temos de parar e redirecionar nossa mente para Deus e seu plano maravilhoso de redenção em nosso favor. Tudo coopera para o bem dos filhos de Deus. Você crê nisso?

Fica Conosco (vss.28,29): Os discípulos insistiram que Jesus ficasse com eles. Deus quer que nós imploremos sua presença. Quando você está deprimido, o que você faz? Não há nada melhor a ser feito do que implorar que o Senhor esteja presente em sua vida. O Senhor sabe da nossa dor, mas quer ouvir nosso clamor (Sl. 50.15). A presença e a palavra de Jesus trazem real consolo e alegria a corações entristecidos (Jo. 14.1-3).

Olhando para a Cruz: Jesus não só ficou, mas ceou com seus discípulos (vss. 30,31). Qual o propósito dessa ceia? Encher os pensamentos dos discípulos com o que aconteceu no Calvário. Se você está deprimido, pense no que Jesus fez por você no Calvário e no que ainda fará para abençoá-lo, pois a cruz não é o fim, mas a glória (Rm. 8.32). Por que os discípulos que antes deixaram Jerusalém, agora voltam para lá (v.33)? Querem ver a cruz por um prisma diferente. Aquilo que antes os deprimira, agora os alegra, pois tiveram seus pensamentos mudados pela palavra de Deus. Quando você for liberto da depressão pelo poder de Deus, você vai voltar à cruz, vai se entregar à providência do Deus Soberano que controla a história para o seu bem no final.

Um comentário:

Carlos Claro disse...

Interessante, e ajuda muito.
Mas poderia ser mais abrangente.
Há pessoas que entraram em depressão por inúmeros motivos. E nem todos encontram uma resposta clara nessa mensagem.

Mas ela é boa no sentido de direcionar a busca.