A Glória Futura dos Filhos de Deus


Pastor Elissandro Rabêlo
Autorizado

Texto Básico: I João 3.2,3

A Glória Futura dos Filhos de Deus

Introdução

Você já parou para meditar no seu futuro? O que aguarda os filhos de Deus? Para onde eles caminham? Qual será o destino final deles? No estudo anterior aprendemos que Deus nos fez seus filhos por seu grande amor. Esse amor de Deus tem implicações tanto na vida presente quanto na vida futura dos filhos de Deus. Nesse estudo vamos meditar acerca do que o amor de Deus nos reserva para o futuro. O grande amor de Deus se manifesta na vida presente dos filhos de Deus por meio da nova vida no Espírito que eles possuem e também na proteção que eles recebem de Deus na perseguição. Esse amor também se manifestará na glória futura dos filhos de Deus (v.2). Os filhos de Deus são guardados pelo poder de Deus até à glória que ele está preparando para eles (Jo. 16.33; Rm. 8.35-39). Vejamos agora o aspecto da glória futura dos filhos de Deus.

A Glória Futura dos Filhos de Deus:

A Manifestação de Cristo: A glória futura dos filhos de Deus virá na manifestação de Cristo. Nosso texto fala sobre a manifestação de Cristo. Ele já se manifestou uma primeira vez para se humilhar, sofrer e morrer (I Jo. 1.2; 3.5). Mas I Jo.3.2 fala da manifestação gloriosa de Cristo que se dará na ocasião da sua segunda vinda, quando ele virá em glória para julgar vivos e mortos e reinar com sua igreja para sempre (I Jo. 2.28; 3.2).

Como será a manifestação gloriosa de Cristo na ocasião da sua segunda vinda? 1) Cristo aparecerá nas nuvens com poder e glória, o que será um ato único como foi sua ascensão (At.1.11); 2) Nós o veremos, pois sua segunda vinda será um ato visível e não secreto (Ap.1.7); 3) Nós seremos semelhantes a ele (Fp. 3.21), ou seja, por toda eternidade seremos iguais a ele, com corpo transformado, livre do pecado e suas conseqüências. Isso ocorrerá mediante a ressurreição dos crentes mortos e transformação dos vivos (I Co. 15.50-52).

Redenção Completa: Os filhos de Deus herdarão a glória com Cristo (Rm. 8.17; Cl. 3.4). Eles aguardam, junto com a criação, a glorificação final (Rm. 8.18-21). Nossa salvação apenas começou, mas será consumada quando formos ressuscitados e glorificados com Cristo (Rm. 8.23). Habitaremos num universo plenamente transformado e livre da maldição do pecado (II Pe.2.13; Ap.21.1-5). O amor de Deus nos leva à glória. A glorificação com Cristo é uma herança certa para nós (Rm. 8.30). Pois, o Pai não gera filhos para depois abandoná-los ou deixá-los perecer no inferno. Ele lhes dá nova vida em Cristo e os leva à glória.

Mas ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Agora somos filhos e continuaremos sendo seus filhos na glória. Essa glória ainda está oculta ao mundo, mas um dia será exibida a todos. Essa glória é parecer com Cristo, ter um corpo semelhante ao dele. Isso é nossa glorificação que é a obra final de Cristo em nosso favor (Fp.1.6).

Esperança e Pureza: João nos mostra que as doutrinas da nossa adoção com base no amor de Deus e da vinda de Cristo para completar nossa salvação são doutrinas práticas, que mudam a nossa vida (v.3). Ele fala sobre esperança e pureza na vida do crente enquanto aguarda a manifestação de Cristo.

O que é esperança cristã? É a esperança de algo certo, seguro e bom, pois é uma esperança baseada na promessa fiel de Cristo (Hb. 10.23). A esperança faz parte da vida cristã (I Co. 13.13; Rm. 8.24,25). O crente não caminha desesperado para um destino cego, mas vive na esperança de encontrar-se com Cristo e desfrutar de sua glória eternamente.

Como o crente deve esperar o Senhor? 1) Não descumprindo sua vocação cristã na terra como alguns tessalonicenses insubmissos fizeram (II Tess. 3.11); 2) Não vivendo no pecado porque o Senhor demora a chegar como fez o mau servo da parábola de Mateus 24.45-51; 3) Purificando-se a si mesmo – quem espera a glória de Cristo se purifica (v.3). A vinda de Cristo é um incentivo a uma vida pura. Purificar-se aqui no texto significa crescer em santidade diariamente. Para isso é preciso lutar contra o pecado e deixá-lo e também viver em obediência a Deus na prática da justiça. Deus nos chama a uma vida de pureza enquanto caminhamos para a glória (II Co. 7.1; Tg. 4.8).

Cristo é Nosso Exemplo de Pureza: “Assim como ele é puro” - A pureza de Cristo é a base da nossa salvação (I Jo. 1.7) e também nosso exemplo para um viver puro. Ser puro como Cristo é viver em humildade, amor, santidade e ter prazer em obedecer ao Pai assim como Cristo fez; ser puro é andar como Cristo andou. É claro que nessa vida não teremos a perfeição de Cristo, mas devemos prosseguir para o alvo que é a perfeição de Cristo. O Espírito nos capacita a um viver puro. E na glória seremos semelhantes a Cristo. É esse o destino de todos os filhos de Deus e quem deseja estar com Cristo na glória, num lugar de pureza e santidade, se esforça para ser puro na vida presente.

Aplicações Finais: Palavra aos crentes: Os crentes devem ansiar pela glória eterna e não viver apegado às coisas deste mundo (Fp. 1.23); os crentes devem viver na certeza de que a glória será seu destino final, pois este é o desejo de Cristo e ele está trabalhando para cumpri-lo (Jo. 17.24; Jo. 14.1-3); os crentes devem consolar uns aos outros no meio das suas aflições com a promessa da vinda de Cristo (Rm. 8.18,28; I Tess. 4.17,18). Além disso, você que é filho de Deus, medite no grande amor de Deus em te salvar e te dá um futuro glorioso. No meio das suas aflições do tempo presente, confie no seu Pai e contemple a glória que lhe espera. Purifique a sua vida de qualquer mancha de pecado e se conserve puro para o encontro com o Senhor.

Palavra aos descrentes: Busquem a Cristo para se tornar um filho de Deus e ser herdeiro de suas promessas. Não vale a pena a vida sem Cristo. Quem vive sem Cristo hoje, viverá sem ele na eternidade num lugar terrível que a Bíblia chama de inferno. Mas quem vive para ele hoje e até sofre por amor a ele, também viverá com ele eternamente no novo céu e na nova terra que ele está preparando. Se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados (Rm. 8.17). Busquem a vida em Cristo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série: O que a Bíblia diz (VERSÍCULOS SOBRE A ELEIÇÃO E PREDESTINAÇÃO)

SÉRIE: ELEMENTOS DO CULTO. A SAUDAÇÃO

OS DEVERES DOS PRESBÍTEROS, DIÁCONOS E DA CONGREGAÇÃO