HOMESCHOOLING. O direito de ensinar seu filho em casa

Como é sabido, a prática do ensino no lar é tão antiga quanto a humanidade. Foi assim desde o principio de tudo. As famílias receberam de Deus a responsabilidade de educar e profissionalizar os filhos.

As famílias foram crescendo em número, evoluiu seu pensamento e surgiu a necessidade de compartilhar certas necessidades. Surge então o governo. Em seu nascedouro cumpriu o papel de supridor das necessidades da comunidade. Fornecia a infra-estrutura e as famílias pagavam por isso.

Este princípio, no tocante ao ensino dos filhos, estava presente no Brasil até a Constituição de 1988. O ensino básico era um dever dos pais e o Estado oferecia aos pais as condições para que pudessem cumprir seu papel.

Exatamente com a constituição de 1988, os papeis foram invertidos. Agora é o Estado que tem o dever de ensinar nossos filhos e nós o de matriculá-los a partir dos seis anos de idade. A desobediência a esta obrigação pode acarretar acusação de “abandono intelectual” rendendo processo e se condenado, até reclusão. Existem famílias que estão sendo processadas pelo Estado Brasileiro por este motivo.

Desde então, muitas pessoas, cristãos principalmente, estão lutando pelo direito de ensinar seus filhos em suas próprias casas.

Eu mesmo tenho três filhos. Dois estudam em escola pública, e em casa recebem o reforço de que precisam para compensar a deficiência de que sofre o ensino público em nosso país. A mais nova, de apenas cinco anos está recebendo o ensino em casa. Ainda tenho um anos para me decidir sobre que decisão tomar. Se matriculo a menina ou permaneço aplicando o homescolling. Quem sabe se até lá não teremos alguma boa notícia a respeito. Mas, não estou otimista quanto a isso.

Em nosso país está se estabelecendo um sistema anticristão como nunca visto antes. O atual governo tem trabalhado muito para destruir os princípios cristãos preservados desde longas épocas. Este é outro assunto que começarei a tratar no blog mais adiante.

Tendo isso em mente, não acredito que o governo vá ceder às pressões que tem recebido no congresso a respeito do homeschooling.

Conheço algumas igrejas que estão aplicando o homescolling para evitar que os filhos dos membros tenham de ir à escola pública. Isso tem me servido de incentivo. A igreja onde fui chamado a servir a Cristo possui uma escola cristã, mas fica longe de minha casa, e também reconhece o direito dos pais ensinarem seus filhos em casa.

Como validar o ensino que aplicamos aos nossos filhos, em casa! A saída encontrada até o momento é esperar até o tempo correspondente a conclusão do ensino médio e participar do provão, reconhecido pelo próprio governo, para conseguir o diploma.

Será que é legítimo o que os governos estão fazendo ao negar aos seus cidadãos o direito de aplicar aos seus filhos aquilo que eles julgarem ser o melhor! O que a Bíblia nos ensina a este respeito! Com o devido cuidado para não incorrermos em quebra do quinto mandamento, mas ao mesmo tempo não negando o nosso amor e fidelidade a Deus que nos promete como Pai bondoso tudo que necessitamos.

Reconhecemos que ainda existem muitas perguntas para serem respondidas.

Lucio Mauro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série: O que a Bíblia diz (VERSÍCULOS SOBRE A ELEIÇÃO E PREDESTINAÇÃO)

SÉRIE: ELEMENTOS DO CULTO. A SAUDAÇÃO

OS DEVERES DOS PRESBÍTEROS, DIÁCONOS E DA CONGREGAÇÃO