sexta-feira, 26 de março de 2010

DEUS ORDENA COMO QUER SER ADORADO. Deus não permite o que não proíbe, mas só permite o que ordena.

Desde cedo a Igreja sofreu com a intromissão de elementos não autorizados no santo culto a Yaveh. Desde o Antigo Testamento, os inimigos de Deus, infiltrado no ceio do seu povo, tem colocado tropeço diante dos santos para levá-los a queda e ao abandono do seu Deus. DeO Senhor requeria uma adoração segundo o modelo que Ele mesmo tinha ordenado, os infiéis queriam adorar a Deus segundo seu próprio desejo. Será que isso é correto. Quais as implicações disso. Vejamos estes aspectos do culto brevemente.

No Antigo Testamento Deus claramente ordena os elementos do culto ao Senhor: Dt 12.32. Lembre-se que Deus se irou porque os mensageiros do rei Davi não fizeram o que estava ordenado na Lei e matou um dos homens por isso 2 Sm 6.3-7. Os filhos de Arão foram mortos porque ofereceram fogo estranho Lv 10. 1-2. Observe que as Escrituras não proibiam em lugar nenhum o fogo estranho. Mas, o mais importante é que em lugar nenhum ele foi ordenado para o culto. Jesus condena os fariseus por não seguir à Lei de Deus, mas as tradições Mt 15.3. Disse ainda em outro lugar: "Em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens Mt 15.9". Quando Jesus subiu ao céu Ele deu aos apóstolos autoridade para criar sua própria doutrina! - a cerca do culto, inclusive! - não!. Ele disse para ensinar as nações a guardar tudo o que Ele tinha ordenado Mt 28.20.

Na época da Grande Reforma Protestante, Lutero rejeitou o ensino da Igreja Romana de que o colégio dos bispos tinha o poder de determinar o que devia fazer parte do culto ao Senhor. O reformador insistiu que a Igreja não podia introduzir aquilo que a Bíblia proibia. Apesar de rejeitar o erro romano, Lutero ainda permitia que no culto ao Senhor fizesse parte elementos extranhos à Igreja de Cristo no Novo Testamento.

Os reformados posteriores, em Genebra e na Inglaterra, estabeleceram o que ficou conhecido como Princípio Regulador do Culto. Este princípio foi e é fundamental ainda hoje para a conservação da pureza da Igreja de Cristo em todo mundo. Segundo este ensino, somente pode fazer parte do culto ao Senhor aquilo que ele mesmo ordenou para a sua próprias adoração.

A igreja entende que podemos ver se as Escrituras ensinam algo, de tres maneiras: por meio de mandamento direto . Por dedução clara a partir de vários textos. Ou ainda, por prática histórica.

Agindo assim a igreja preservará a sua vocação santa oferecendo a Deus um culto simples, livre de todas as novidades que estão contaminando o santo culto ao Senhor desde longo tempo. Não podemos desprezar o avivamento que o Espírito Santo trouxe a Igreja de Cristo resgatando a pureza exigida pelo Santo Deus.

Tenha sempre em mente que se o que você está fazendo no culto não estiver ordenado por Deus, Ele não estará recebendo seu serviço como ato de adoração. Não interessa o que nós pensamos dele. Se é útil, belo, atraente, ou se satisfaz nosso anseios. Deus não os aceitarão. Então, lute na sua igreja pela pureza do santo culto.

A Ele toda a glória!

Lucio Mauro

Livros sugeridos: Adoração Reformada. Terry L. johnson. Edotora Os Puritanos
Fundamentos da Teologia Reformada. Hermisten Maia.

quarta-feira, 24 de março de 2010

PASTOR SILAS MALAFAIA DEBATE NO SBT SOBRE HOMOSSEXUALISMO

Acabou a pouco o debate entre o pastor Silas Malafaia e um representante de movimento pró homossexualismo. Noutro debate realizado nesta mesma emissora, realizado no dia 24 de fevereiro, o pastor Silas enfrentou a ex-deputada Iara Bernardes para discutir os efeitos do PL 122/2006 sobre o povo evangélico e, ou, como bem frisou o pastor, sobre a nação inteira.

Um ponto bastante frisado tanto no debate de hoje, como no último foi o privilégio dado aos homessexuais pelo PL. Resumindo, o PL dá ao homossexual o direito de livre expressão sem ser impedido. Aparentemente não há nada de errado. O detalhe está em que "sem ser impedido" é um direito que o cidadão comum não tem. Todos temos o direito a livre expressão, mas não estamos livres de sermos impedidos em nossa "liberdade".

Imagine o seguinte: se você entra num restaurante e resolve tascar um beijo em sua esposa. O garsom pede para você parar! Se voce insistir ele pode convidá-lo a retirar-se. Isso acontece porque não existe lei que impessa o funcionário do restaurante de reagir dessa maneira. No caso do homossexual, o PL proíbe essa atitude. É aí que se concentra uma parte das discussões em torno do assunto.

É certo que muita coisa ainda vai rolar, e sincertamente, não acredito que esse PL passe no parlamento nesse momento. Mas, isso não significa muito. Essa estratégia do diabo é antiga. Em nossa nação todas as aberrações viram lei dessa mesma maneira: hoje não passa, amanhã vira lei.

Mas, voltamos ao assunto do debate no SBT. Faço parte de uma igreja confessional de tradição reformada, e reconheço que a igreja tem usado muito pouco seu oficio para protestar diante dessa impiedade e mostrar a verdade do evangelho sem medo das retaliações. Precisamos gastar nosso trabalho na defesa das verdades bíblicas, antes que as mentiras a sufoquem, mais do que já tem feito.

Nesse ponto, reconheço o trabalho que o pastor Silas Malafaia tem feito. Por conta de ser o representante evangélico de maior mídia na atualidade, e que está disposto a encarar os adversários da santidade cristã é o único que tem sido convidado pela imprensa para dar a posição bíblica-evangélica sobre o assunto.

Foi assim na Band, no programa Roda Viva, no ano passado, e agora, por duas vezes, em dois meses, no SBT.

Esperamos que outros entendam a necessidade de se alinhar nete propósito de defender o evangelho de Cristo, e usem seu poder de mídia para glorificar o nome do Senhor Jesus que é a razão de existirmos.

Lucio Mauro

Lucio Mauro

NA CHINA CRIANÇA NASCE COM 31 DEDOS

Mutação genética contribuiu para o problema do menino de seis anos. Ele será submetido a cirurgia em Shenyang para retirar os dedos a mais.

O menino está internado em hospital em Shenyang e vai ser submetido a cirurgia nesta terça-feira , 23 de março, para remover os dedos adicionais.

Radiografia realizada dia 19 mostra as mãos e pés da criança.

Os médicos contabilizam a pequena protuberância que se vê na mão à direita na imagem . Pode-se observar que o primeiro dedo tem 'duas pontas' em formação.


A imagem de raio X mostra também os pés do garoto de 6 anos que nasceu com 15 dedos na mão e 16 dedos nos pés na China.

A cirurgia reazilada neste tia 23 de março, ocorreu dentro da normalicade e a criança já foi entrgue aos cuidados dos pais.

A criança deve ser acompanhada pelos médicos, que estudarão o caso e o sucesso da cirurgia.



No ano passado, um caso semelhante aconteceu na Califórnia, Estados Unidos. No hospital de Bay Area, os pais de uma criança que nasceu com seis dedos em cada dedo dos pés e das mãos, procurou os médicos para corrigir a anomalia.

Esta deformação, conhecida como polidactilia. Não é comum, mas também não foram os únicos casos registrados.

A HISTÓRIA DE ESTER. Um contraste com o resto da programação da Rede Record

Os Amalequitas invadem o povoado judeu e Ester sofre com a morte de seus pais. O Rei Assuero, grande guerreiro e estrategista, transformou a Persia na primeira potência mundial. Enquanto Assuero se rende aos encantos da rainha, Ester recorda sua infância ao lado dos pais. O rei manda chamar imediatamente a rainha e ela se recusa a atender sua ordem, desafiando sua autoridade.

Este é o resumo dos primeiros capírulos do seriado “A História de Ester” que estreiou no dia 3 de março. A Record não economizou na propaganda para levar ao topo seu novo seriado. A saga, é a primeira de uma série de produções baseadas em histórias bíblicas.

"A 'História de Ester' mostra a trajetória de uma jovem órfã judia, de grande fibra e beleza. Ao despertar o interesse do rei Assuero e tornar-se Rainha da Pérsia, Ester influencia o futuro de seu povo. Como a história se passa por volta de 400 a.C., na antiga Pérsia, onde hoje é o Irã, a equipe recorreu a muitos efeitos visuais para dar realidade às tomadas feitas em estúdio e na cidade cenográfica. Gabriela Durlo será a protagonista e Marcos Pitombo o Rei Assuero.
Nos bastidores da Record são muitos os que afirmam que o desempenho de “A História de Ester” será avaliado pela parcialidade religiosa do público ou da crítica, pelos grupos à favor ou contrários. Entretanto, é importante separar o comando da emissora (muitos cargos executivos são ocupados por pastores e bispos da Universal) e a qualidade da minissérie. Vamos torcer para que “A História de Ester” fique fiel ao que está registrado nos livros e não seja distorcida pela visão religiosa do público, produtores ou críticos" http://blogs.jovempan.uol.com.br/parabolica/geral/record-concentra-esforcos-por-a-historia-de-ester/

Temos muito a tirar de proveito dessas histórias. Ainda que seja uma pena que uma grande rede de televisão como a Rede Record, controlada por uma igreja, permita que outras tantas histórias promovam todo tipo de pecado, celebrando adultérios, espiritismo, e muitos pecados mais.

Qual o interesse dessa "igreja".

Como em tudo nessa vida, mais uma vez somos chamados a peneirar as coisas boas que a televisão oferece.

Lucio Mauro

terça-feira, 23 de março de 2010

HOMESCHOOLING. O direito de ensinar seu filho em casa

Como é sabido, a prática do ensino no lar é tão antiga quanto a humanidade. Foi assim desde o principio de tudo. As famílias receberam de Deus a responsabilidade de educar e profissionalizar os filhos.

As famílias foram crescendo em número, evoluiu seu pensamento e surgiu a necessidade de compartilhar certas necessidades. Surge então o governo. Em seu nascedouro cumpriu o papel de supridor das necessidades da comunidade. Fornecia a infra-estrutura e as famílias pagavam por isso.

Este princípio, no tocante ao ensino dos filhos, estava presente no Brasil até a Constituição de 1988. O ensino básico era um dever dos pais e o Estado oferecia aos pais as condições para que pudessem cumprir seu papel.

Exatamente com a constituição de 1988, os papeis foram invertidos. Agora é o Estado que tem o dever de ensinar nossos filhos e nós o de matriculá-los a partir dos seis anos de idade. A desobediência a esta obrigação pode acarretar acusação de “abandono intelectual” rendendo processo e se condenado, até reclusão. Existem famílias que estão sendo processadas pelo Estado Brasileiro por este motivo.

Desde então, muitas pessoas, cristãos principalmente, estão lutando pelo direito de ensinar seus filhos em suas próprias casas.

Eu mesmo tenho três filhos. Dois estudam em escola pública, e em casa recebem o reforço de que precisam para compensar a deficiência de que sofre o ensino público em nosso país. A mais nova, de apenas cinco anos está recebendo o ensino em casa. Ainda tenho um anos para me decidir sobre que decisão tomar. Se matriculo a menina ou permaneço aplicando o homescolling. Quem sabe se até lá não teremos alguma boa notícia a respeito. Mas, não estou otimista quanto a isso.

Em nosso país está se estabelecendo um sistema anticristão como nunca visto antes. O atual governo tem trabalhado muito para destruir os princípios cristãos preservados desde longas épocas. Este é outro assunto que começarei a tratar no blog mais adiante.

Tendo isso em mente, não acredito que o governo vá ceder às pressões que tem recebido no congresso a respeito do homeschooling.

Conheço algumas igrejas que estão aplicando o homescolling para evitar que os filhos dos membros tenham de ir à escola pública. Isso tem me servido de incentivo. A igreja onde fui chamado a servir a Cristo possui uma escola cristã, mas fica longe de minha casa, e também reconhece o direito dos pais ensinarem seus filhos em casa.

Como validar o ensino que aplicamos aos nossos filhos, em casa! A saída encontrada até o momento é esperar até o tempo correspondente a conclusão do ensino médio e participar do provão, reconhecido pelo próprio governo, para conseguir o diploma.

Será que é legítimo o que os governos estão fazendo ao negar aos seus cidadãos o direito de aplicar aos seus filhos aquilo que eles julgarem ser o melhor! O que a Bíblia nos ensina a este respeito! Com o devido cuidado para não incorrermos em quebra do quinto mandamento, mas ao mesmo tempo não negando o nosso amor e fidelidade a Deus que nos promete como Pai bondoso tudo que necessitamos.

Reconhecemos que ainda existem muitas perguntas para serem respondidas.

Lucio Mauro

SÉRIE: SERMÃO. Ageu 1.12-15

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama com base no texto de Ageu 1.12-15

Leitura: Sl 46; Ag 1.1-15
Texto: Ag 1.12-15

Amada Congregação do Senhor Jesus Cristo e demais ouvintes,

A primeira profecia de Ageu repreendeu e desafio fortemente a Igreja.
O povo do SENHOR dizia: “Não chegou o tempo da Casa do Senhor ser construída” (v.2).
O povo usava estas palavras para justificar os 15 anos de omissão com a reedificação da Casa do SENHOR, o Santo Templo. Aparentemente, o povo de Deus se baseava na crise econômica, para afirmar isto.
Mas, o SENHOR Deus sonda os corações. O SENHOR Deus vê o que está por trás de nossas palavras. O SENHOR Deus vê nossas obras.
E o SENHOR Deus revelou que a negligência com a Casa do SENHOR não tinha a ver com a crise econômica! Mas, com uma crise espiritual, uma crise pecaminosa!
Não foi escassez de dinheiro, mas foi a escassez de vontade para buscar em primeiro lugar o Reino de Deus!
O SENHOR Deus pela pregação de Ageu disse que o Santo Templo estava em ruína, porque cada um do povo corria “por causa de sua própria casa” (v.9).
O SENHOR Deus estava triste porque Seu povo não dava importância a Sua presença em seu meio, não dava importância a alegrar o SENHOR e nem com a Glória de Deus. O SENHOR Deus estava triste porque o povo buscava seu interesse em primeiro lugar. O povo tinha abandonado o interesse do Reino de Deus.
E o SENHOR Deus falou tudo isso ao Seu povo pela pregação do profeta Ageu. O SENHOR Deus pela pregação e a disciplina revelou o pecado do povo.
Meus irmãos, agora veja nos versos 12-15 como é importante a pregação e a disciplina levar o povo a abandonar o pecado e a cumprir sua responsabilidade pactual com o Reino de Deus. E com base nesse texto chamo a todos ouvirem a mensagem de Deus no seguinte tema:

O povo de Deus atende à voz do SENHOR

1. O atender é fruto da pregação
2. O atender é estimulado e é uma obra do SENHOR (vejam os vs. 13,14)
3. O atender é acompanhado por obras

Acesse o site Bandeira da Graça e tenha acesso ao sermão completo do pastor Adriano Gama
http://www.bandeiradagraca.org/

SÉRIE: SERMÃO. Ageu 1. 1-9

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama sobre Ageu 2.1-9

Leitura: Esdras 5.1-5; 6.1-12
Texto: Ageu 2.1-9

Amada Congregação do Senhor e demais ouvintes,

Meus irmãos, O SENHOR Deus encaminha Seu mensageiro, o profeta Ageu, à Igreja.
O SENHOR Deus acompanhava de perto o trabalho na Sua casa.
E como o dono da obra o SENHOR ouvia e via o que se passava.
Pelas palavras dos v. 3 entendemos que dentro da Igreja
havia membros frustrados com a restauração da Casa do SENHOR.
Estes membros eram aqueles que haviam visto o primeiro templo dos tempos de Salomão.
No livro de Esdras aprendemos que “muitos dos sacerdotes, e levitas, e cabeças das famílias,
já idosos, que viram a primeira casa, choraram em alta voz quando à sua vista
foram lançados os alicerces desta casa; muitos, no entanto, levantaram as vozes com gritos de alegria” (Ed 3.12).

Esse choro em alta voz registrado em Esdras era de tristeza, de frustração.
O povo esperava um reinício glorioso,
com um templo mais glorioso que o templo dos dias de Salomão.
Mas, o que eles viram foi um reinício humilde.
O Segundo Templo não tinha a Glória esperada aos olhos dos homens.
Então, veja no v. 3 que no meio do povo
persistia um sentimento de frustração com o segundo templo.
Havia pessoas que desprezavam o trabalho reiniciado.
Olhavam para a reconstrução e faziam comparação com a primeira Casa de Deus.
E estes membros concluiram: “Essa segunda casa é nada! Não tem glória!
Para os frustrados murmurados não era nada, por que faltava ouro, prata e pedras preciosas, madeira, coisas para tornar o Segundo Templo impressionante aos olhos dos homens!
Estes frustrados murmuradores estavam baseados
na aparência daquilo que os seus olhos viam naquele momento.

E, meu irmão em Cristo, saiba que crentes frustrados são perigosos para a obra de Deus.
Crentes frustrados podem desestimular outros no trabalho de edificação do Reino.
O SENHOR Deus ouviu e viu as palavras dos frustrados e o murmúrio deles.
E o SENHOR Deus quis proteger a igreja de qualquer desestimulo.
Ainda faltavam 4 anos para o Templo ser terminado.
A igreja tinha pela frente quatro anos de muitos desafios
e não podia ficar desestimulada no primeiro mês de trabalho.
E, por isso, o SENHOR Deus mais uma vez manda Seu enviado, o profeta Ageu,
“no segundo ano do rei Dario, no sétimo mês, ao vigéssimo primeiro do mês”,
para pregar uma segunda mensagem para a Igreja (v.1).
E essa mensagem é a base do tema dessa pregação. Ouça a Palavra de Deus no seguinte tema:

Sejam fortes, trabalhem e não temam, pois revelarei a Minha Grande Glória

1. Revelarei minha Glória não na aparência daquilo que os seus olhos vem agora
2. Mas na realidade da Glória que vem

Para obter o sermão completo acesse: http://www.bandeiradagraca.org/

segunda-feira, 15 de março de 2010

SÉRIE: SERMÃO. Ageu 1. 1-11

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama com base em Ageu 1.1-11

Leitura: Ag 1.1-15;
Texto: Ag 1.1-11

Amada congregação do Senhor Jesus Cristo,

Vamos ouvir uma série de pregações no Livro do profeta Ageu.
Ageu é um dos profetas menores, mas não por que tem menos de um metro e sessenta,
mas porque em relação a Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel escreveu pouco.
O Livro do Profeta Ageu, apesar de pequeno (apenas dois capítulos),
traz uma grande mensagem que aponta para a RESTAURAÇÃO DO REINO DE DEUS: RESTAURAÇÃO SIMBOLIZADA NA RECONSTRUÇÃO DO TEMPLO E NO RESTABELECIMENTO DA DESCENDÊNCIA REAL DE DAVI!
Assim o Profeta Ageu se firma sobre duas grandes promessas pactuais:
“O SENHOR Deus estará sempre com o Seu povo, e o SENHOR enviará o Seu Messias.
O Senhor Deus em Ageu com base nessas promessas
chama a Igreja a confiar na Sua Palavra Pactual.

O SENHOR em Ageu chama a Sua igreja à Fé, à obediência, e ao serviço em favor do Seu Reino.
A igreja nos tempos de Ageu passava por muitos desafios.
Era mais ou menos o ano 520 antes de Cristo.
O povo de Deus havia voltado do Exílio em Babilônia.
Havia muita oposição dos samaritanos e dos povos da terra contra a Igreja.
A construção do templo tinha começado, mas estava parada há 15 anos.
O povo estava em crise financeira.
A igreja tinha negligenciado o seu dever de reconstruir o Santo Templo do SENHOR.
O SENHOR Deus levantou o profeta Ageu
para chamar o povo à responsabilidade pactual com o Reino de Deus,
e reavivar a esperança no futuro glorioso da Casa de Davi na pessoa do Messias.
E, é interessante que o SENHOR Deus guiou Ageu
a marcar as suas profecias com datas específicas (Ag 1.1-11; 2.1-9; 10-9; 20-23).

Veja: Quatro datas salientadas, quatro profecias e quatro divisões formam o Livro do profeta Ageu.
Meu irmão, Deus é um Deus que trabalha na história da humanidade.
Ele tem uma agenda para os Seus atos salvadores
e executará essa agenda conforme a Sua soberana vontade.
Por isso, podemos esperar com paciência,
pois no tempo certo o SENHOR Deus executará seu plano de redenção.
A mensagem de Ageu é importante para a igreja hoje.
Uma igreja que vive em meio a crises econômicas, morais e espirituais.
Uma igreja que é tentada a se acomodar a uma mentalidade consumista,
onde os prazeres e interesses particulares prevalecem sobre os interesses do Reino de Deus.
Uma igreja que é tentada a não dar importância a presença de Deus em seu meio.
Uma igreja que é tentada a esquecer a Esperança
que lhe está proposta na Pessoa do Emanuel, o SENHOR Jesus Cristo.
Por isso, meus amados irmãos ouçam a mensagem de Deus no seguinte tema:

Abandonem seus interesses e busquem a edificação da Casa do SENHOR

1. O que o povo buscava

2. O que o povo encontrou

Acesse o site Bandeira da Graça e tenha acesso ao sermão completo do pastor Adriano Gama
http://www.bandeiradagraca.org/

Movimento do Santo Daime

Santo Daime. Voce deve ter ouvido este nome nos últimos dias. Trata-se de uma seita que tinha como membro ilustre Glauco, cartunista bastante conhecido, fundador da igreja Céu de Maria que ficava em sua granja na Via Anhanguera, em Osasco, na Grande SãoPaulo, e que foi assassinado na madrugada do último dia 12.

Antes desta tragédia, a seita dos daimistas passou discretamente dos ouvidos dos brasileiros. Esta seita é genuinamente brasileira.

É curioso como grupos religiosos tem se mutiplicado desde o século XIX. No Brasil, começou com o denominacionalismo evangélico até atingir a multiplicidade de grupos religiosos que misturam cristianismo com filosofia. É assim que surge a doutrina do Santo Daime.

Este Movimento começou no interior da floresta amazônica, nas primeiras décadas do século XX, com o neto de escravos Raimundo Irineu Serra. Foi ele que recebeu a revelação de uma doutrina de cunho cristão, a partir da bebida Ayahuasca (vinho das almas), por nós denominada Santo Daime.

A bebida, de uso bastante difundido pelos povos indígenas da região, é obtida pela coccão de duas plantas, o cipó Jagube (banesteriopsis caapi) e a folha Rainha (psicotrya viridis) ambas nativas da floresta tropical. Ela tem propriedades enteógenas, isto é, produz uma expansão de consciência responsável pela experiência de contato com a divindade interior, presente no próprio homem.
Segundo o próprio Mestre Irineu, ele recebeu essa Doutrina através de uma aparição de Nossa Senhora da Conceição,em uma das primeiras vezes que tomou a bebida, na região de Basiléia, Acre. Os hinos do Mestre, que ele começou a receber a partir do começo da década de 30 trouxeram uma forte ênfase nos ensinos cristãos e uma nova leitura dos Evangelhos à luz do Santo Daime, para afirmar, nos tempos de hoje, os mesmos princípios de Amor, Caridade e Fraternidade humana.

Tidaro do site oficial da seita

http://www.santodaime.org/origens/index.htm

quinta-feira, 11 de março de 2010

A BÍBLIA: A Carta Magna dos Cristãos

O dia 6 de março, consagrado à Revolução Republicana e Pernambucana de 1817, deveria, pela carta magna do Recife, ser feriado. Nunca foi. O projeto de Terezinha Nunes transformou o dia como a data magna de Pernambuco, que será feriado civil, de acordo com a Constituição.

A Bíblia é a carta magna dos cristãos do mundo inteiro.


Desde 1549, quando Thomas Cranmer, Bispo da Grã-Bretanha, incluiu um dia especial para que as pessoas lessem a Bíblia, no livro de oração, que coincidiu com o segundo domingo de dezembro, a data é observada, inclusive no Brasil, desde 1850, quando chegaram os primeiros missionários presbiterianos, e segue até nossos dias.

Atualmente o que preocupa é que aquele ideal do século XVI parece estar longe de ser acompanhado. As igrejas de nossos dias, organizam grandes eventos no dia da Bíblia, shows, passeatas, muitas, muitas atividades. Mas, no restante do ano a letargia toma conta dos crentes. Há pouco estímulo a leitura da Bíblia.

Nem os seminários escapam. Eles viraram meios para instituições religiosas e particulares arrecadarem mais dinheiro.

Nas igrejas, o estigma de crente frio ainda persegue aqueles que demosntram algum interesse no estudo da Bíblia.

Neste terreno de mediocridade intelectual, a Igreja de Cristo sobrevive preservando o amor às Sagradas Escrituras. Sua Carta Magna. A igreja jurou proteger o sagrado livro, e nunca enfrentou tarefa tão difício desde que a grande Reforma retirou o Livro empoeirado do baú e o colocou em destaque para que todos o lessem e o admirassem.

O desafio da igreja é resgatar aquele apreço pela Bíblia, não necessariamente por uma data anual, mas com iniciativas sincera e eficaz que reflita a responsabilidade da igreja de protegê-la e estimular os crentes e demais pessoas a lê-la, crendo ser ela a Palavra de Deus poderosa para salvar pecadores caídos.

Todos os dias é Dia da Bíblia. A carta Magna dos cristãos.

UTILIDADE PÚBLICA: Ligando o PC ao Son, Tv ou Home Theater de sua casa

Os cristãos, principalmente, mas também todas as pessoas que reprovam a pirataria e busca de forma honesta e legal fazer uso das propriedades intelectuais, entre elas a música, tem feito uso cada vez mais das rádios legais na internet.

Agora é possivel mais que ouvir suas músicas preferidas em seu computador. Como a maioria dos computadores não têm caixas de som de boa qualidade, então, porque não conectar seu computador ao seu aparelho de som ou ao seu home Theater!

Colocamos abaixo algumas dicas de como você poderá vazer isso.

Cabos conectores

Se a configuração de seu computador for da forma descrita aqui, você precisará de um cabo P2-RCA, que pode ser adquirido em qualquer loja do ramo. Esse cabo tem um macho P2 de um lado e dois machos RCA do outro. A vantagem deste cabo é que ele pode ser usado tanto para ligar o PC ao Home Theater, e assim você usa o sistema de amplificação de som do último, ou para ligar o Home Theater ao PC, para poder usar algum programa no áudio que recebe do Home Theater.

Cabos PS2-RCA têm duas pontas diferentes

Para ligar o PC ao Home Theater ou aparelho de som, conecte o macho P2 na saída de áudio do PC e ambos os machos RCA nas entradas correspondentes no aparelho. Essas entradas podem ter o rótulo de Line-In ou ainda Tape-In. Em alguns casos, podem ser chamados de Auxiliares. Conecte os cabos, respeitando ao máximo as cores. Geralmente os machos RCA são vermelho e preto, mas podem também ser vermelho e branco. Ligue o macho vermelho na fêmea vermelha e o macho preto ou branco na fêmea preta ou branca.


Acesse o link e veja todas as dicas e informações:

http://www.baixaki.com.br/info/2111-como-instalar-um-home-theater-ou-aparelhos-de-som-no-pc.htm

quarta-feira, 10 de março de 2010

UTILIDADE PÚBLICA. Sobre seu celular

CONHEÇA AS TRÊS UTILIDADES QUE ESTÃO ESCONDIDAS EM SEU CELULAR.



Recebi as informações abaixo por e-mail de um amigo. Sempre olho com suspeita para estas informações, mas conferi todas elas e vi que eram verdadeiras.
Isso é ótimo, pois em algum momento de nossa vida podemos precisar delas.


Será útil manter essas informações com você.
Existem algumas coisas que podem ser feitas em caso de emergência.
Veja o que ele pode fazer por você:

Emergência I
O número universal de emergência para celular é 112
Se você estiver fora da área de cobertura de sua operadora e tiver alguma emergência, disque 112 e o celular irá procurar conexão com qualquer operadora possível para enviar o número de emergência para você, e o mais interessante é que o número 112 pode ser digitado mesmo se o teclado estiver travado. Experimente!

Emergência II *3370#
Vamos imaginar que a bateria do seu celular esteja fraca. Para ativar, pressione as teclas: *3370#
Seu celular irá acionar a reserva e você terá de volta 50% de sua bateria. Essa reserva será recarregada na próxima vez que você carregar a bateria.

Emergência III *#06#
Para conhecer o número de série do seu celular, pressione os seguintes dígitos: *#06#
Um código de 15 dígitos aparecerá. Este número é único. Anote e guarde em algum lugar seguro. Se seu celular for roubado, ligue para sua operadora e dê esse código. Assim eles conseguirão bloquear seu celular e o ladrão não conseguirá usá-lo de forma alguma. Talvez você fique sem o seu celular, mas pelo menos saberá que ninguém mais poderá usá-lo. Se todos fizerem isso, não haverá mais roubos de celular.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia internacional da mulher. A glória do homem.

Por Lucio Mauro

Esta data serve para revermos um pouco sobre o papel da mulher dentro dos propósitos de Deus. Propósito, aliás, pervertido pelos movimentos humanistas, que a exemplo da serpente "é assim que Deus disse:", tentam sugerir novos papeis a mulher.

As igrejas históricas confessam que seu principal papel é viver para a glória de Deus (Catecismos de Heidelberg domingo 1 e Catecismo de Westminster pergunta e resposta 1). Então, a mulher cristã rejeita qualquer ensino que não venha das Sagradas Escrituras.

Desde o princípio da criação o Senhor Deus estabeleceu a mulher como companheira, auxiliadora do seu marido. Várias atribuições estava em questão aqui. Fazer companhia ao homem, gerar filhos, educá-los, administrar as atividades domésticas, etc.

A sujeição da mulher ao marido nunca significou inferioridade. Deus estabeleceu o homem como o cabeça no lar. Ele é o governante, mas seu governo não prescinde da ajuda da mulher. É importante notar que Deus quando criou homem e mulher colocou-os lado a lado. Não tirou parte da cabeça do homem para fazer a mulher; também não tirou parte do pé do homem para fazê-la; o que vimos é Deus retirando uma costela do homem para fazer a mulher. Essa atitude do Senhor nos ensina muito. A mulher deve estar ao lado do homem. A mulher não foi feita para estar sobre o homem, mas também não foi feita para estar debaixo dos seus pés. O homem deve ter em mente isso.

O homem tem o compromisso de amar sua mulher (Ef 5.25). Amar aqui é assumir os compromissos da aliança firmada com ela (Ml 2.14); compromissos de fidelidade (Gn 2.24; 1 Tm 3.2; Ef 5.31); suprir suas necessidades (Ec 9.9).

A mulher nunca deve entender sua submissão ao marido como algo desonroso. Basta lembrar que foi o Deus Todo Poderoso quem reservou isso a ela. A mulher deve obedecer a seu chamado, sua vocação, com aquela alegria de quem quer agradar ao Senhor. Da mesma forma o homem deve onrar sua vocação como lider espiritual do lar, sabendo que será mais cobrado por isso, já que a mulher é a parte mais frágil.

O homem é a glória de Deus, a mulher a glória do homem (1 Co 11.7)
As mulheres devem manter-se submissas ao seu próprio marido (Ef 5.22)
A mulher não pode exercer autoridade de homem (1 Tm 2.12)

Que Deus receba da mulher cristã toda a glória que lhe é devido. Tanto neste dia como em todos os dias de sua vida. Fazendo isso, as mulheres cristãs cumprirão as Escrituras e serão bem aventuradas.

Em cumprir a sua vocação e obedecer os mandamentos, consiste a verdadeira benção de todo o homem.