Postagens

CARTA DE CALVINO A FAREL: Pastor e Conciliador

Imagem
CARTA DE CALVINO A FAREL: Pastor e Conciliador Por Lucio Manoel




A carta escrita por Calvino ao seu grande amigo Farel, em 24 de outubro de 1538,
é apenas um dos muitos documentos onde se percebe o seu carácter pastoral e conciliador. Quando Calvino e Farel foram expulsos de Genebra, em 1536, seguiram juntos para Basileia,
onde continuaram trabalhando ao lado de Bucer. Em julho de 1538, porém, Farel deixava Basileia
para se tornar ministro da igreja em Neuchâtel (Nota: Farel havia partido de Basileia sem poder
despedir-se de seu companheiro, pois Calvino estava em Estrasburgo, naquela ocasião).
Quando Calvino retornou a Basileia não encontrou mais o seu amigo. E em outubro do mesmo ano,
Calvino estava novamente em Estrasburgo, de onde escreveu esta carta a Farel. Na época em que foram expulsos de Genebra, Calvino e Farel haviam sido substituídos pelos
ministros Antônio Marcourt e Morand, aprovados apenas por uma parte da igreja. Essa situação
desagradava a muitos irmãos, e somada à influên…

Edição 2018 de As Três Formas de Unidades das Igrejas Reformadas (com Índice Temático e Harmonia entre as Confissões)

Imagem
por Lucio Manoel


Esta edição, novinha, 2018, de As Três Formas de Unidades, trás novidades pra você que aprecia estes documentos confessionais dos Século XVI e XVII. Além dos três documentos completamente revisados: A Confissão Belga (1561), o Catecismo de Heidelberg (1563) e os Cânones de Dordt (1619), você vai encontrar dois subsídios importantíssimos: uma harmonia entre as confissões e um índice temático. Com estes dois recursos, você poderá encontrar os assuntos de seu interesse com muito mais facilidade

Estes novos recursos que as Três Formas de Unidades trazem ajudarão desde pastores que já conhecem os documentos, mas que precisam recorrer às suas partes quando está trabalhando na preparação de serão e de estudos, como também membros de igrejas e estudantes que buscam certos assuntos de seus interesses dentro dos documentos.

Esta é, sem dúvida, a melhor edição destes documentos publicado em Língua Portuguesa. 

Aproveitem-se desta obra tão relevante ainda para nossos dias. Especialme…

FRANCOIS TORRETINI: Tributo à ilustre cidade de Genebra (parte dois)

Imagem
por Mariane Baldi (digitação)
François Turretini 10 de fevereiro de 1679



…  Aliás, permitam-me dizer algo sobre mim mesmo.
            Desde o tempo em que Deus me quis, por seu extraordinário favor, elevar a honrosa posição
que ocupo ao longo de trinta anos (ainda que não me sentisse a altura de tal empreendimento, e a
consciência de minha fragilidade facilmente me persuadisse de quão inferior era eu ante os grandes
homens que me precederam aqui), contudo, posso solenemente testificar diante de Deus que jamais
me propus outro objetivo senão de seguir sempre meus predecessores, não com os mesmos passos,
porém no mesmo caminho e em conformidade com minha capacidade de seguir suas pegadas, ainda
que não andando no mesmo ritmo. Tampouco cria que pudesse melhor adornar o posto que ocupo e
satisfazer mais a consciência do juramento, pelo qual fui obrigado no ofício que me foi confiado, do
que se me esforçasse unicamente para isso que os jovens a mim confiados fossem aqui imbuídos de
uma teolo…

FRANÇOIS TURRETINI: Tributo à sempre célebre República de Genebra (parte um)

Imagem
por Mariane Baldi (digitação)
François Turretini 10 de fevereiro de 1679


Aos mui magníficos, nobres e honrados homens do Cônsul e de todo o Senado da célebre República
de Genebra, saúde e toda a felicidade é o desejo de Francis Turretin. Com frequência, quando penso
no estado desta república, em cujo governo Deus vos tem colocado, mui distintos nobres, ocorrem-me
tão grandes milagres pelos quais ela tem se tornado famosa que, o que o divino poeta outrora cantou
concernente a Jerusalém, ninguém negará que, não imerecidamente, pode ser lhe atribuído: “Coisas
gloriosas se têm falado de ti, Ó cidade de Deus”. Deveras pequena, confesso, dificilmente existindo
outra menor entre as milhares de Judá, se as vantagens da natureza forem levadas em conta; grande,
contudo, dificilmente havendo outra menor, se os dons divinos forem postos em mira. Mas, ainda que
as bençãos que Deus, com mão liberal, derramou profusamente sobre ela, e nestes dias derrama,
sejam inumeráveis, há duas eminências além das dema…