Postagens

LUCIO MANOEL, ministro do evangelho

Imagem
Lucio Manoel

É ministro do evangelho, servindo atualmente na Igreja Reformada de Maceió. Trabalha em um projeto missionário desta igreja, no bairro de Salvador Lyra, também em Maceió. Pastor Lucio Manoel está cooperando em vários trabalhos missionários, para plantação de igrejas reformadas. Ele tem servido como cooperador nos projetos Refo500 Brasil e Dordt-Brasil, além de manter este blog.

Pastor Lucio Manoel formou-se Bacharel em Divindade, pelo seminário das Igrejas Reformadas do Brasil, o Instituto João Calvino. Ele é casado faz 21 anos e é pai de quatro filhos.

Encontre o pastor Lucio Manoel nas edes sociais: LucioManoelVDM


QUEM FOI JOHN ABBOTT AUTOR DO LIVRO "A MULHER NO LAR" (lançamento 2017, em Português)

Imagem
traduzido e adaptado por Lucio Manoel

John Stevens Cabot Abbott (19 de setembro de 1805 - 17 de junho de 1877). Ele foi historiador, pastor e escritor pedagógico americano. Nasceu em Brunswick, Maine, de Jacob e Betsey Abbott. Participou da fundação do Institute Springer, em Nova York. John se associou com seu irmão Jacob Abbott na administração do Abbott's Institute, Nova York, e na preparação de sua série de breves biografias históricas. O Dr. Abbott se formou no Colégio Bowdoin em 1825. Preparou-se para o ministério no Seminário Teológico Andover, entre 1830 e 1844. Quando se retirou do ministério da Igreja Congregacional, pregou sucessivamente em Worcester, Roxbury e Nantucket, todos em Massachusetts. 




Devido ao sucesso de um pequeno trabalho, A mãe no Lar, ele se dedicou, a partir de 1844, à literatura. Ele foi um escritor volumoso de livros sobre ética cristã e histórias populares que foram creditadas com o cultivo de um interesse popular na história. Ele é mais conhecido como…

Livro "A MÃE NO LAR" - Clássico de 1833, tem lançamento em Português, em 2017

Imagem
Por Lucio Manoel

Acaba de ser lançado no Brasil, o clássico A Mãe no Lar, de John Abbott.
A Mãe no Lar foi publicado inicialmente em 1833, pela Sociedade Americana de Panfletos, e se tornou uma das mais estimadas obras do século XIX sobre a arte de ser mãe, exaltando a gloriosa obra da mãe no lar. O livro enuncia e ilustra os princípios básicos do dever da mãe em criar seus filhos "no temor e na admoestação do Senhor". Seu sucesso imediato levou o autor a escrever um companheiro para este volume, voltado para os filhos: "A Criança no lar".
A Mãe no lar enfatiza a importância de criar filhos sob os olhos de Deus, sempre conscientes da Sua presença e submissos à Sua Palavra - as Escrituras Sagradas. A citação a seguir, extraída do último capítulo do livro, mostra a importância que o autor coloca sobre o cuidado maternal com as crianças: 
Ó, mães! Reflitam sobre o poder que o seu Criador colocou em suas mãos! Não há influência terrena que possa ser comparada à sua. N…

FOTOGRAFIA CONTA HISTÓRIA: Colóquio de Marburgo, 1529

Imagem
Por Lucio Manoel
Como diz minha mãe, fotografia conta história. Isso dificilmente pode dito de muitas fotos publicadas nas redes sociais, atualmente, pois elas servem apenas para exibir rostos. As fotografias antigas, não. Quando recuamos à época anterior a 1826, registro da primeira fotografia em preto e branco, tirada da janela do francês Joseph-Nicéphore Niepce, a história muda. Da mesma forma, as pinturas antigas. Um exemplo disso é a história retratada na pintura de August Noack, de 1867.
A pintura registra não um momento, mas um resumo do debate. Lutero, em sua argumentação, aponta para a mesa, onde estava escrita a palavra grega “estin”, que corresponde ao nosso verbo Ser conjugado em terceira pessoa do singular “é”. “Isto é o meu corpo”, repetia Lutero, austeramente, enquanto apontava para a mesa. Zwinglio, por sua vez, apontava para o céu, afirmando que Cristo lá estava e só voltaria à terra, em seu corpo humano, quando chegasse o dia de julgar esse mundo, definitivamente.
Envo…

AS 67 TESES DE ULRICO ZUINGLIO QUE VEIO A PÚBLICO EM 14 DE JULHO DE 1523

Imagem
por Lucio Manoel

Ulrico Zuinglio foi um Reformador suíço que empreendeu a Reforma a partir de Zurique para vários cantões suíços. Ele apresentou suas teses, conhecidas deste 1519, ao Conselho da cidade que as aprovou, sendo publicadas em 14 de julho de 1523. Zuinglio foi nomeado Sacerdote do Povo, servindo em Zurique até o fim de sua vida.

O Reformador angariou o apoio da liderança de Zurique, mas também da população, o que facilitou a propagação da Reforma da cidade. Sua Reforma foi mais profunda que a proposta por Lutero, e aconteceu independentemente dela, apesar de ter conhecido as 95 Teses de Lutero. Em suas teses, Zuinglio levantou discussão sobre temas importantes, como a natureza una da igreja: clero-povo; celibato; cobrança pelas cerimônias; substituição do Latim pelas línguas originais e vernáculas; remoção das imagens; ofícios eclesiásticos; disciplina; união entre igreja e estado.

Zuinglio era um filho da Suiça. Ele nasceu em 1/1/1484, na cidade de Wildhaus. Casou-se em 1529 c…

26 SIMPÓSIO REFORMADO OS PURITANOS 2017 (palestras, palestrantes, cântico dos Salmos)

Imagem
por Lucio Manoel
Como acontece anualmente, a cidade alagoana de Maragogi recebeu mais Simpósio Reformado os Puritanos. O evento que alcançou a sua vigésima sexta edição aconteceu no Hotel Praia Dourada e contou com mais de trezentos participantes (este ano o número de participantes teve de ser reduzido por causa da interdição de algumas alas do hotel que foram interditadas para obras de recuperação e modernização). Durante cinco dias, 26 a 30 de junho de 2017, os presentes desfrutaram de comunhão com cristãos de todo o Brasil, de diferentes igrejas, de confissão reformada ou não.
Entre os muitos momentos especiais do Simpósio, o cântico dos Salmos com certeza ocupa lugar de destaque. O Simpósio Reformado os Puritanos tem servido maravilhosamente ao propósito de despertar e estimular igrejas a recuperar o cântico congregacional dos Salmos. São muitas as igrejas que, por todo país, já adotaram o Cântico dos Salmos.
Você pode assistir aos cânticos dos Salmos deste Simpósio Os Puritanos 2017…

DOUGLAS WILSON, TEÓLOGO E ESCRITOR REFORMADO, ALIADO DA VISÃO FEDERAL

Imagem
por Lucio Manoel
Douglas Wilson é pastor nos Estados Unidos, ministro da Christ Church, na cidade de Moscow, estado do Idaho. Participou da fundação da Logos School, é ativo em várias organizações destinadas a promover a cosmovisão cristã e tem participado de debates apologéticos.
É autor de vários livros. No Brasil já estão publicados alguns na área de família, como Futuros homens, Reformando casamento e o mais recente, Fidelidade, publicado em 2017. Estes livros foram publicados pela editora CLIRE. Além destes, O ateu em delírio, Cinco cidades que dominam o mundo, Persuasões, O cristianismo é bom para o mundo?, Educação clássica e educação familiar (participação) e Eu sei em quem tenho crido (participação).
Wilson é reconhecido como cristão conservador, mas não deixou de envolver-se na polêmica sobre Visão Federal. Recomendo o artigo escrito por David Engelsma, intitulado Visão Federal. Esta abordagem transita no campo reformado, não obstante ser rejeitada pela maioria das igrejas …